A necessidade de qualquer tipo de cirurgia, mesmo que simples, costuma causar apreensão e ansiedade nos pacientes e familiares, mas existem várias formas de lidar com esses sentimentos. Ter confiança na equipe e sentir-se acolhida no hospital escolhido é sempre o ponto de partida. Lembrar que o procedimento cirúrgico é um processo necessário para melhorar a qualidade de vida também ajuda muito.

Por termos como missão também o bem-estar da mulher, além da saúde da gestante e do bebê, nós do Hospital e Maternidade Santa Joana contamos com um Centro Cirúrgico da Mulher especializado em atendê-la de forma única. Oferecemos tratamentos de excelência, com procedimentos humanizados, éticos, seguros e de qualidade. Nosso corpo clínico é composto por médicos e enfermagem focados no cuidado feminino. São mais de 9 mil procedimentos realizados todos os anos em áreas como:

  • Cirurgia ginecológica e do assoalho pélvico (como tratamento de incontinência urinária e prolapso genital).
  • Cirurgia oncológica (tratamento de câncer de mama e tumores no ovário).
  • Cirurgia plástica (lipoaspiração, mamoplastia e outras).
  • Cirurgia vascular (tratamento de varizes e preenchimento de artérias do útero).

Equipe multiprofissional especializada no cuidado a mulher

Visando oferecer conforto, segurança e rápida recuperação para as pacientes, além de cirurgiões gerais, a equipe médica do Centro Cirúrgico da Mulher do Santa Joana conta com cirurgiões ginecologistas, plásticos, vasculares, oncológicos, entre outros. Eles atuam de forma integrada aos anestesistas, enfermeiros e toda a equipe multiprofissional em uma estrutura completa de retaguarda hospitalar.

Quatro dicas para uma cirurgia mais tranquila

Escolha bem a instituição e a equipe médica, pesquisando e pedindo indicações aos amigos e médicos conhecidos.

Leia e pergunte a seu médico detalhes sobre a cirurgia desde a primeira consulta.

Anote e coloque em prática os preparativos pré-cirúrgicos, incluindo técnicas de relaxamento e pensamentos positivos, quando você considerá-los necessários.

Não tenha pressa no processo de recuperação. Busque seguir as recomendações do médico e da equipe multiprofissional. E lembre-se: sempre que tiver dúvidas ou precisar de algo, entre em contato conosco. Contamos com psicólogos e outros profissionais especializados para ajudá-la e dar todo o suporte necessário antes e depois da cirurgia.

Lembre-se:
Sempre que tiver dúvidas ou precisar de algo, entre em contato conosco. Contamos com psicólogos e outros profissionais especializados para ajudá-la e dar todo o suporte necessário antes e depois da cirurgia.

Tecnologia de ponta em prol das pacientes

O Santa Joana foi escolhido em 2019, pelo quinto ano consecutivo, como a maternidade preferida dos paulistanos, segundo pesquisa feita pelo Instituto Datafolha. Isso nos deixa muito orgulhosos, mas nossa área de atuação vai além da gestação. Disponibilizamos infraestrutura hospitalar completa para a realização de cirurgias na mulher que não necessariamente estejam relacionadas à gravidez.

Contamos com salas cirúrgicas inteligentes com muitos diferenciais. Os espaços foram projetados de forma a garantir a mobilidade da equipe com conforto e agilidade. Boa parte dos equipamentos está instalada em torres aéreas, com braços flexíveis, facilitando também a movimentação. A iluminação, baseada no sistema de compensação, garante eficiência da luminosidade durante o procedimento cirúrgico, independentemente da posição da equipe médica no campo operatório.

Para atender à preocupação do conforto ergonômico dos cirurgiões, anestesistas e equipe de enfermagem, as salas inteligentes estão equipadas com sistema de transmissão de imagens de maneira que em qualquer ponto da sala é possível observar as imagens do procedimento cirúrgico em tempo real. Esse recurso garante redução do cansaço da equipe principalmente em cirurgias de alta complexidade.

Contamos também com ultrassom para auxiliar na localização de aplicação da anestesia e kits cirúrgicos antialérgicos e um sistema de ar individualizado que ajuda a garantir taxas de infecção próximas a zero (veja o quadro), entre outros equipamentos.

Taxa de infecção hospitalar menor que a média nacional

O índice de infecção hospitalar geral no Santa Joana é de 0,3%, muito abaixo da média nacional (2,8%). Uma comissão multiprofissional de especialistas acompanha o trabalho de todas as áreas e tem como base normas brasileiras e melhores práticas internacionais.

Sabemos que a anestesia é algo de preocupação de muitos pacientes. Pensando nisso, criamos uma estação pré-anestésica, onde o anestesista acolhe e orienta a paciente antes de chegar à sala cirúrgica, esclarecendo todas as dúvidas relacionadas ao procedimento.

Dispomos ainda de salas de pré-admissão cirúrgica, de atendimentos de casos de urgência e de recuperação pós-cirurgia, além de espaço para o conforto e descanso da equipe médica.

Desde o momento em que a paciente chega ao Santa Joana para ser operada até a alta médica, cada cuidado é individualizado. Tudo é muito bem planejado por uma equipe multiprofissional especializada.

Todas as cirurgias realizadas no Santa Joana são amparadas pela grande equipe médica de retaguarda hospitalar, que pode ser convocada imediatamente conforme as necessidades de cada paciente. Além disso, contamos com completos serviços de cuidados especiais, como a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Adulto e a Unidade de Terapia Semi-intensiva. Não importa qual seja a sua necessidade, você estará sempre acolhida.

Com o desenvolvimento das técnicas de Medicina Fetal, um novo horizonte se abriu para mães e bebês. Por isso, o Centro de Cirurgia do Santa Joana também foi preparado para atender abordagens cirúrgicas fetais durante a gravidez. A experiência e qualificação de nossa equipe garantem acessos minimamente invasivos com muito sucesso.

Qual tipo de cirurgia será usado no meu tratamento

No Centro Cirúrgico da Mulher, todas as decisões são tomadas em conjunto pela paciente e pela equipe médica multiprofissional. A definição do tipo de cirurgia depende do problema a ser tratado, das condições de saúde e das vontades individuais. Nossa equipe médica analisa caso a caso e conversa com a paciente e seus familiares sobre os benefícios de cada procedimento.

Estamos preparados para realizar desde técnicas cirúrgicas convencionas e vaginais até procedimentos minimamente invasivos, como por videolaparoscopia e video-histeroscopia (veja abaixo).

Técnicas cirúrgicas realizadas no Santa Joana

Cirurgia por laparotomia – Procedimento convencional de abertura cirúrgica do abdômen da paciente.

Cirurgia por via vaginal – Procedimento realizado através da introdução de equipamentos cirúrgicos pelo órgão genital feminino.

Cirurgia por videolaparoscopia – Procedimento minimamente invasivo feito por meio de pequenos furinhos no abdômen da paciente. Nesse tipo de procedimento, o cirurgião introduz o laparoscópio que, ligado a microcâmeras digitais de alta definição, permite visualizar as cavidades internas e, assim, conduzir a operação com segurança e mais conforto para a paciente.

Cirurgia por videohisteroscopia – Procedimento minimamente invasivo também feito com a introdução de instrumentos cirúrgicos pela vagina da paciente com o objetivo de acessar o colo do útero.

Principais tratamentos realizados no Santa Joana

Procedimentos Ginecológicos

Correção de incontinência urinária (descontrole do xixi) – Cirurgia por via vaginal.

Correção de prolapso genital (perda de sustentação dos órgãos da pelve) – Cirurgia por via vaginal.

Retirada de glândula de bartholin, uma das produtoras de secreção vaginal (bartholinectomia) – Cirurgia por via vaginal.

Pequena costura do colo do útero da gestante para impedir nascimentos prematuros (cerclagem) – Cirurgia por via vaginal.

Reforço do tecido de sustentação da bexiga e do reto que estão fragilizados (colpoperineoplastia) – Cirurgia por via vaginal.

Retirada de endometriose profunda (problema em que o tecido que normalmente reveste o útero cresce fora do útero) – Cirurgia por videolaparoscopia.

Retirada de miomas (tumores benignos no útero) – Cirurgia por videolaparoscopia.

Retirada de cistos no ovário (bolsa cheia de líquido que se forma sobre ou dentro do ovário) – Cirurgia por videolaparoscopia.

Retirada de aderências pélvicas (tecidos fibrosos semelhantes a uma cicatriz) – Cirurgia por videolaparoscopia.

Tratamento de processos inflamatórios – Cirurgia por videolaparoscopia.

Laqueaduras tubárias/ligadura de trompas (procedimento para impedir que a mulher engravide) – Cirurgia por videolaparoscopia.

Retirada de corpos estranhos na região pélvica – Cirurgia por videolaparoscopia.

Reparação de gravidez tubária/ectópica (quando o embrião se fixa fora do útero).

Retirada das trompas (salpingectomia).

Ablação de endométrio (retirada do revestimento endometrial do útero em mulheres com sangramento menstrual intenso) – Cirurgia por videohisteroscopia.

Retirada de miomas (tumores benignos no útero) – Cirurgia por videohisteroscopia.

Retirada de pólipos uterinos, também conhecidos por pólipos endometriais (crescimento excessivo de células na parede interna do útero) – Cirurgia por videohisteroscopia.

Correção de malformações uterinas – Cirurgia por videohisteroscopia.

Correção de cicatrizes (sinéquias) uterinas – Cirurgia por videohisteroscopia.

Retirada ou colocação de dispositivo intrauterino (DIU) – Cirurgia por videohisteroscopia.

Procedimentos Oncológicos

Retirada de tumor no útero – Cirurgia convencional por laparotomia.

Retirada de tumor no ovário – Cirurgia convencional por laparotomia ou cirurgia por videolaparoscopia.

Retirada de tumor no colo do útero – Cirurgia por videolaparoscopia.

Retirada de tumor no endométrio – Cirurgia por videolaparoscopia.

Remoção do colo do útero (traquelectomia) – Cirurgia por via vaginal.

Retirada de parte da mama para tratamento do câncer de mama (mastectomia parcial) – Cirurgia plástica.

Retirada total da mama para tratamento do câncer de mama (mastectomia) – Cirurgia plástica.

Retirada de tumor no intestino (ou câncer colorretal) – Cirurgia por videolaparoscopia.

Retirada de tumor no colo do útero (ou câncer cervical) – Cirurgia por videolaparoscopia ou videohisteroscopia.

Retirada de tumor no corpo do útero (ou câncer de endométrio) – Cirurgia por videolaparoscopia.

Retirada de tumor no ovário – Cirurgia por videolaparoscopia.

Retirada de tumor de tuba uterina – Cirurgia por videolaparoscopia.

Retirada de tumor de peritônio – Cirurgia por videolaparoscopia.

Retirada de tumor de vulva – Cirurgia por videolaparoscopia.

Retirada de tumor de vagina – Cirurgia por videolaparoscopia.

Procedimentos de Cirurgia Plástica

Retirada de peles e gorduras nas regiões da barriga ou das coxas – Dermolipectomia ou abdominoplastia.

Aspiração de gorduras localizadas em diversas partes do corpo por meio de tubos cirúrgicos (cânulas) – Lipoaspiração.

Transformação ou modificação do formato das mamas – Mamoplastia.

Remoção das peles da região das pálpebras superiores e/ou inferiores – Blefaroplastia.

Cirurgias ginecológica e do assoalho pélvico (como tratamento de incontinência urinária e prolapso genital).

Cirurgias Vasculares

Retirada de varizes (cirurgias e microcirurgias).

Cateterismo para embolização (preenchimento) das artérias que irrigam o útero. Costuma ser realizada após a mulher passar por vários partos cesarianas e apresentar fraqueza da musculatura uterina.

Dúvidas ou mais informações sobre o Centro de Cirurgia da Mulher

Central de atendimento
Tel: (11) 5080-6070
×
×

Carrinho